5 coisas que aprendi no meu primeiro ano como empreendedora

1. O “frio na barriga” se mantém por um bom tempo

Sempre que alguém me pergunta o pior sobre possuir meu próprio negócio, é uma resposta fácil: ANSIEDADE. Mesmo quando você não está trabalhando, há um zumbido de ansiedade que permanece na sua cabeça.

Ansiedade de como você vai resolver certo problema, como você vai atingir sua meta, se X  cliente vai ficar satisfeito  … e a lista continua. Mas aqui está o que me fez passar por isso. 

Organização e estabelecimento de metas.

A ansiedade desaparece quando você consegue perceber que há tempo para resolver todos os problemas.

E lembre-se, está tudo bem você precisar de ajuda de outros profissionais, isso é totalmente normal, ninguém sabe tudo e a melhor coisa do mundo é deixar cada profissional resolver os problemas da sua área.

Confie no seu administrador, na sua equipe de marketing, na sua empresa de contabilidade e tantos outros profissionais que podem ajudar você a crescer. Dessa forma a ansiedade é compartilhada e aos poucos você vai aprendendo a lidar com ela.

2. Você precisa ter um controle financeiro adequado.

O Google Docs ou o seu bloco de notas do iPhone podem parecer bons para a contabilidade nos primeiros meses, mas acredite, você precisa de algo mais completo….a menos que você seja um gênio das finanças um sistema que compreenda algumas outras informações é necessário.

Eu pessoalmente trabalho com tabelas de Excel (elaboradas pelo meu excelentíssimo administrador, que é muito suspeito falar, por que também é meu amado kkk) onde posso acompanhar contas a receber,  despesas e todo o fluxo de caixa.

Mas existem diversos aplicativos gratuitos, ou por um custo mensal muito baixo na internet e que são de excelente qualidade.

Adquira o hábito de abrir o aplicativo diariamente e acompanhar tudo à medida que avança.

Ele não só ajudará principalmente com impostos, mas você não gastará horas faturando e adicionando horas ou inventário a cada mês também. Mais tempo para gastar construindo seu império, é claro!kkkk

3. Haverão altos e baixos

Se você saiu de um emprego corporativo, ou se assim como eu, mudou uma situação a qual você achava que já estava estável, as vezes pode ser um dos sentimentos mais libertadores do mundo, mas também pode ser um caminho cheio de dúvidas e medos.

Não tenha medo de mudar. Você não é obrigado a seguir um mesmo caminho a vida toda só por que em um momento da vida você fez uma decisão, ou então por que “a sociedade” acha que é o certo. Toca ficha, mude, faça, se planeje para ir em busca do que você necessita para ser feliz.

E , embora esse novo momento esteja cheio de altos, haverá momentos em que o estresse é maior, em que um projeto que você imaginou não deu certo, ou você perde um cliente ou algo ou algo que você queria como retorno não acontece.

Mas o que realmente compensa são os dias de plena certeza de que o que você está fazendo é por um propósito.

Ser empresário ou empreendedor é glorioso de certa forma, mas nem sempre. Prepare-se para sentir-se desmotivado, confuso e assustado – sem falsamente esperar sentir-se alto todos os dias. É normal!

4. Você precisa aprender a “desligar-se”

Como eu já havia passado por uma experiência em que no meu primeiro ano quase tive orgulho de estar disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, nessa nova fase da minha vida percebi que não precisamos ser tão displicentes com nossa vida pessoal.

Ao contrário de estar em um ambiente corporativo, seu trabalho e sua vida doméstica se misturam, e é realmente viciante construir sua carreira empreendedora… mas não deixe que isso assuma completamente!

Você acabará atingindo um esgotamento e seu trabalho sofrerá por causa disso. Além disso, simplesmente não é saudável dar toda a sua atenção a uma coisa.

Empreendedor ou não, coisas como passar tempo com a família, os amigos e o autocuidado são cruciais. É fácil se isolar em uma mentalidade de “primeiro trabalho”, mas certifique-se de ter tempo para recarregar essa paixão!

5. Qualidade sobre a quantidade

Quando você vê os números em reais anexados a um projeto, é da natureza humana dizer “sim” e pular de cabeça em qualquer oferta.

Diferentemente de um salário, é possível ver números monetários específicos mudarem com base no trabalho que você está fazendo.

E o pensamento de mais dinheiro faz a maioria das pessoas felizes – especialmente no começo. Mas o que eu aprendi foi, como a maioria dos aspectos da vida, a qualidade supera a quantidade.

Participei de alguns projetos para os quais eu não tive tempo no começo e, francamente, não estava entusiasmada. O trabalho sofreu e acabei essencialmente falhando com esses clientes.

Seguindo em frente, trabalhei em uma lista de tarefas mais limitada a qual elaborei através do conhecimento de quem são meus clientes, quais suas reais necessidades e o que eu realmente tenho a oferecer a eles.

Me certifiquei de que estava realmente interessada em tudo o que eu estava participando. Foi um dos melhores trabalhos da minha carreira e meus clientes ficaram em êxtase.

No final, só porque você tem a chance de dizer sim para mais coisas, não significa que você deveria. Continue voltando aos seus valores e objetivos estabelecidos lá no início de tudo (se você ainda não estabeleceu seus valores e objetivos para tudo e vai lá fazer isso! ). E lembre-se, o dinheiro sempre pode ser compensado, mas o tempo e a qualidade do trabalho não podem.


E por fim, neste primeiro ano como empreendedora do meu próprio negócio aprendi que sou muito mais forte do que imaginava, e o melhor, que posso sim atingir todas as metas que me coloquei se houver respeito, cumplicidade e sinceridade comigo mesma e com o meu negócio.

A Daniela Manosso Bampi – Arquitetura Inteligente está comemorando seu primeiro ano de atividades, e eu agradeço diariamente pela oportunidade de poder seguir meus ideias.
E quando for necessário mudar, não haverá medo, pois agora sei que as mudanças existem para fazer a gente crescer!


Construímos seus sonhos, sustentamos seu futuro.

Daniela Manosso Bampi é arquiteta LEED GA. Graduada pela Universidade de Caxias do Sul e Pós Graduada em Construção Sustentável pelo INBEC.


Contatos:

daniela@danielamb.com.br
www.danielamb.com.br

Curta nossa página do Face e nosso Instagram e fique por dentro das novidades!

 

Siga nossas redes sociais! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *